domingo, 30 de dezembro de 2007

Voltando do Cruzeiro



Depois de 9 dias no mar, ainda balançando em terra firme, volto a postar sobre a deliciosa viagem que fiz no navio Costa Victoria durante o Natal.

Incrível que não consegui descansar, porque as atividades são inúmeras e muito atraentes para serem rejeitadas. Desde o início temos shows, exercícios ao ar livre com música, danças de salão, cassino a todo vapor cheio de idosos jogando, música ao vivo apenas para ouvir e degustar uns salgadinhos com sucos. Enfim, tudo que a gente pediu a Deus.

O ponto forte é a alimentação que tem um esquema extremamente organizado e peca pelo excesso.

Temos um exagero de opções durante quase 24 horas do dia. Os deliciosos pratos preparados por chefs italianos, são servidos a la carte no almoço e no jantar em dois restaurantes internos, bastante refinados e com garções experientes e atenciosos.

No entanto, há os self services nos decks superiores na parte traseira do navio, funcionando das 7 da manhã até às 4 da tarde, com uma variedade de opções gastronômicas de enlouquecer qualquer um. Desde as fatias do salmão defumado ao presunto de Parma, os queijos espetaculares servidos aos borbotões, pãezinhos italianos, croissants, panquecas e pizzas na lenha (não me perguntem como conseguem isso). Tais pizzas ficam à disposição de todos das 4 da tarde às 3 da manhã.

Detalhe: toda a refeição descrita acima está incluida no preço do cruzeiro. Você só paga as bebidas que tomar.

As cidades que mais gostei foram Punta del Este e Porto Belo. Não senti grandes alegrias com Buenos Aires, infelizmente, porque estava um calor insuportável e os taxis nos rejeitavam por sermos 4 adultos. Sofremos bastante até conseguir um caindo aos pedaços cujo motorista corria feito um alucinado fugido da clínica, na saída do Porto em direção ao centro da cidade, e outro que era dirigido por um velhinho muito surdo, com o carro mais velho do que ele, na volta para o Porto. Nem quis conhecer a noite portenha depois do que passei durante o dia. Deixei isso para os mais novos, aventureiros e interessados no Tango mais do que eu.

Não que eu não goste de Tango. Adoro ver, sim. Mas tinha tudo isso dentro do navio e já pago!!! Sem correrias de taxis, motoristas sem nenhuma noção de trânsito, e que rejeitam o cliente na maior cara de pau.

Adiós mi Buenos Aires querida, never more.

No entanto, adorei os argentinos, gente fina, elegante e bonita. Tratamento 100% nas lojas e muito sorridentes. Pelo menos tive essa boa impressão final. Quando saímos do Porto, o navio trazia muito mais argentinos do que brasileiros. Todos muito finos, por sinal.

Em Punta del Este fiz um tour muito bonito, e percebi que o balneário é très chic. Casas de milionários famosos, outras de milionários não tão famosos, construções lindas e extremamente organizadas, e pra quem conhece as casas de milionários americanos posso dizer que ainda achei as de Punta mais bonitas do que as americanas.

Carros importados, lojas aceitando Real, Dolar e Peso Uruguaio. Uma festa total. Pena que fiquei muito pouco lá.

Em Porto Belo fomos recebidos por uma querida amiga da minha filha que nos levou pra conhecer as praias e o comércio local. Uma gracinha de lugar. Muito parecido com Búzios e Angra dos Reis. Iates pra todo lado, gente educada nos atendendo e camarões deliciosos.

Aqui fica o nosso agradecimento à Gi e ao Gui, assim como à família do Gui que nos receberam muito bem naquela cidade linda.

Passamos por Santos, cidade que eu já conhecia, e voltamos para o nosso querido Rio de Janeiro que continua lindo. Coisa espetacular é a entrada na Baía de Guanabara ao chegar logo cedinho na cidade.

Com certeza os argentinos que não conheciam a cidade devem ter ficado deslumbrados com a vista. Espero que tenham conseguido fazer um tour de boa qualidade e com toda a segurança.

2 comentários:

Samy disse...

Oláá
bom fds
bjimm

Cris disse...

Priminha querida :AMEI este seu blog! Vim dar uma espiadinha e aprender como fazer com que o meu também fique assim. Lindo! beijos

TRADUTORES PROFISSIONAIS

NÃO DEIXE DE CONFERIR A NOSSA LISTA DE TRADUTORES!

Este é o espaço reservado para você, tradutor, legendador, intérprete, anunciar o seu trabalho gratuitamente.
O objetivo é alcançar o maior número de clientes para os profissionais de tradução, como também fazer com que este blog seja mais popular entre os que têm os mesmos interesses profissionais.
Envie um email para bettyespindola@gmail.com com os seus dados, resumidamente, como: nome, endereço de email, telefone de contato, pares de língua com os quais trabalha, e a área (literária, técnica, etc), bem como a qualificação do serviço (tradução, legendagem interpretação).
Boa sorte a todos e estejam à vontade para anunciar.